Polímeros: Ciência e Tecnologia
http://revistapolimeros.org.br/doi/10.1590/0104-1428.06816
Polímeros: Ciência e Tecnologia
Original Article

FSSC 22000 Packaging Implementation: a Plastics Industry Research

Vanessa Cantanhede; Karen Signori Pereira; Daniel Weingart Barreto

Downloads: 0
Views: 65

Abstract

Abstract: This paper presents the outcomes of an exploratory research carried out in companies, which are located in Brazil. They are FSSC-22000-certified food plastic packaging manufacturers. In order to identify the key aspects of the implementation process and certification, a questionnaire was developed and sent to twenty certified organizations. Out of them, eleven of which participating companies responded in a collaborative way. Based on the data obtained, improving competitiveness and customer retention were the reasons, which led the companies to seek the certification. However, the greatest difficulties were related to personnel, which presented technical and behavioral issues. In addition, it was noted that an overall satisfaction, derived from after-certification benefits, has been arisen in the companies. For instance, enhanced employee awareness, improved company's image and winning new customers, significantly contributing to their competitiveness, are some of the benefits found in this process.

Keywords

food safety, FSSC 22000, packaging, plastic

References

Carvalho, J. L. M., & Toledo, J. C. (2002). A Contribuição dos Programas da Qualidade na Competitividade: estudo de caso no mercado brasileiro de polipropileno. Polímeros: Ciência e Tecnologia, 12(4), 240-247. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-14282002000400006.

Carvalho, J. L. M., & Toledo, J. C. (2000). Restruturação Produtiva, Programas da Qualidade e Certificações ISO 9000 e ISO 14000 em Empresas Brasileiras: pesquisa no setor químico/petroquímico. Polímeros: Ciência e Tecnologia, 10(4), 179-192. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-14282000000400005.

Garcia, R. W. D. (2003). Reflexos da globalização na cultura alimentar: considerações sobre as mudanças na alimentação urbana. Revista de Nutrição , 16(4), 483-492. http://dx.doi.org/10.1590/S1415-52732003000400011.

Associação Brasileira das Indústrias de Alimentação - ABIA. (2010). Principais exportadores mundiais de alimentos. São Paulo. Retrieved in 2016, May 26, from http://abia.org.br/vst/SugestoesINDALparaAlavancagemExportacaoAlimsProcessados.pdf

Associação Brasileira das Indústrias de Alimentação - ABIA. (2012). A Força do Setor de Alimentos. São Paulo. Retrieved in 2016, May 26, from http://abia.org.br/vst/AForcadoSetordeAlimentos.pdf

Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT. (2006). Norma Técnica NBR ISO 22000. Sistema de Gestão da Segurança de alimentos: requisitos para qualquer organização na cadeia produtiva de alimentos. São Paulo: ABNT.

Vieira, A. C. P. (2009). Instituições e segurança dos alimentos: construindo uma nova institucionalidade (Doctoral thesis). Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

Wallis, G., Weil, D., & Madi, L. F. C. (2012). O Mercado de Embalagem no Brasil. Brasil Pack Trends, 2020, 9-39.

DATAMARK. (2015). Mercado de embalagem em 2014. Retrieved in 2015, September 20, from http://www.datamark.com.br/dados-gerais

Associação Brasileira de Embalagens – ABRE. (2015). Estudo macroeconômico da embalagem. São Paulo. Retrieved in 2016, May 26, from http://www.abre.org.br/setor/dados-de-mercado

Foundation for Food Safety Certification – FSSC. (2015). Certificação de Sistemas de Gestão de Segurança dos Alimentos 22000. Retrieved in 2015, November 11, from http://fssc22000.com/downloads/brochurefssc22000_po.pdf

Foundation for Food Safety Certification – FSSC. (2015). Certificates Directory. Retrieved in 2015, July 21, from http://www.fssc22000.com/documents/certified-organizations.xml?lang=en

Sampieri, R. H., Collado, C. F., & Lucio, P. B. (2006). Metodologia de pesquisa . São Paulo: McGrawHill.

Cooper, D. R., & Schindler, P. S. (2011). Métodos de Pesquisa em Administração . Porto Alegre: Bookman.

Banco Nacional do Desenvolvimento – BNDES (2012). Porte de empresa . Rio de Janeiro. Retrieved in 2015, July 25, from http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/bndes/bndes_pt/Institucional/Apoio_Financeiro/porte.html

Viera, A., Caraschi, J. C., & Prates, G. A. (2014). Implantação do certificado ISO 9001 em uma empresa no setor de papelão: avaliando seus impactos organizacionais. Brazilian Journal of Biosystems Engineering, 8(3), 263-270. http://dx.doi.org/10.18011/bioeng2014v8n3p263-270.

Maekawa, R., Carvalho, M. M., & Oliveira, O. J. (2013). Um estudo sobre a certificação ISO 9001 no Brasil: mapeamento de motivações, benefícios e dificuldades. Gestão & Produção, 20(4), 763-779. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-530X2013005000003.

Silva, M. T. S., Jr. (2013). Benefícios e dificuldades na adoção de um sistema de gestão da qualidade no Rio Grande do Norte (Master’s thesis). Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal.

Ribeiro, S. I. (2012). Os benefícios e as dificuldades na certificação da qualidade – Norma NP EN ISO 9001:2008 (Master’s thesis). Instituto Politécnico do Porto, São Mamede de Infesta, Porto.

Paula, S. L., & Ravagnani, M. A. S. S. (2009). Lógica Fuzzy como Ferramenta de Decisão na Identificação dos Perigos Significativos e Medidas Preventivas de Controle do Sistema APPCC (Doctoral dissertation). Universidade Estadual de Maringá, Maringá.

Oliveira, O. J., & Pinheiro, C. R. M. S. (2010). Implantação de sistemas de gestão ambiental ISO 14001: uma contribuição da área de gestão de pessoas. Gestão & Produção , 17(1), 51-61. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-530X2010000100005.

Instituto Nacional de Metrologia – INMETRO. (2005). Qualidade e Tecnologia. Pesquisa de credibilidade das certificações ISO9001. Retrieved in 2016, June 16, from http://www.inmetro.gov.br/qualidade/pdf/Apresentacao_CB25_Rev0.pdf

Bhuiyan, N., & Alam, N. (2005). An investigation into issues related to the latest version of ISO 9000. Total Quality Management & Business Excellence , 16(2), 199-213. http://dx.doi.org/10.1080/14783360500054343.

Gotzamani, K. (2010). Results of an empirical investigation on the anticipated improvement areas of the ISO 9001:2000 standard. Total Quality Management & Business Excellence , 21(6), 687-704. http://dx.doi.org/10.1080/14783363.2010.483101.

Soriano, D. R. (2001). Quality in the consulting service – evaluation and impact: a survey in Spanish firms. Managing Service Quality, 11(1), 40-48. http://dx.doi.org/10.1108/09604520110359366.

Soares, M. F. (2013). Análise de integração em sistemas de gestão baseados nas Normas ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS 18001 em empresas de construção civil (Master’s thesis). Universidade Federal do Ceará, Fortaleza.

Carvalho, M. M., & Paladini, E. P. (2012). Gestão da qualidade: teoria e casos. Rio de Janeiro: Elsevier.

Wallis, G., Weil, D., & Madi, L. F. C. (2012). O mercado de embalagem: mundo e Brasil. In C. I. G. L. Sarantópoulos, R. A. Rego (Eds.), Brasil Pack Trends 2020 (pp. 9-39). Campinas: ITAL.

DATAMARK. (2015). Mercado de Embalagem 2012. Retrieved in 2015, October 12, from http://www.datamark.com.br/dados-gerais

Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT. (2008). Norma Técnica NBR ISO 9001. Sistema de Gestão da Qualidade – Requisitos. São Paulo: ABNT.
 

5b7c4b140e8825624d896e51 polimeros Articles
Links & Downloads

Polimeros

Share this page
Page Sections